quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Broas de Todos dos Santos

Caros amigos,

A tradição ainda é o que era? Cá em casa é.
Na véspera do dia 1 de Novembro ou Dia de Todos os Santos, as senhoras vão para a cozinha fazer Broas para oferecer a quem pede o Pão por Deus, juntamente com chocolates, rebuçados, nozes...As crianças da aldeia (zona saloia) trazem os sacos de pano logo pela manhã para a missa, e assim começa o peditório...
Ó tia, dá Pão-por-Deus?
Se o não tem Dê-lho Deus!.

Ou então:
Bolinhos e bolinhós
Para mim e para vós
Para dar aos finados
Qu'estão mortos, enterrados
À porta daquela cruz
ou
Pão, pão por Deus à mangarola,
encham-me o saco,
e vou-me embora.

Tenho um saco à gringola,
se mo encherem vou-me embora
Fonte: Wikipédia

A receita é retirada do blog da Luísa Alexandra, pois este ano estava ‘sozinha na cozinha’, a minha tia-madrinha é que era a especialista nas broas, e como partiu em Abril da terra dos vivos e não deixou nada escrito, foi buscar uma receita semelhante.
Fiz algumas alterações e para a próxima vou fazer mais até chegar ao sabor que tenho na memória. Estas ficaram muito boas, mas com pouco doce.

Ingredientes:
Xarope:
2 Pau de Canela
1 colher de café de essência de Baunilha
Casca de 1 Limão
2 flores de anis
750 ml de água


Massa para levedar:
1kg. de Farinha
3 colheres de sopa de Erva Doce
3 colheres de sopa de Canela
1 colher de sopa de Sal
50 gr. Fermento de Padeiro
Raspa de 1 laranja e 1 limão
3 Ovos
100gr. de manteiga

Só depois de levedar se junta:
350gr. de Açúcar
Frutos Secos (a gosto)
1 ovo para pincelar

Preparar o xarope, fervendo todos os ingredientes e deixe arrefecer.


Preparar a massa, nesta tarefa eu utilizei a máquina de fazer pão para amassar. Junte na cuba da máquina a farinha, a canela, a erva-doce, o sal, o fermento, as raspas da laranja e do limão, os ovos e a manteiga. Ligue a máquina no programa da massa e junte aos poucos o xarope, até ficar uma bola, descolada do fundo da cuba. Deixe 30min a amassar. Retire para um recipiente para levedar tapado e em local quente e durante pelo menos uma hora ou até dobrar o volume.



Só depois de levedar junte, o açúcar e os frutos secos. Com a ajuda da farinha faça bolinhas e pincele com ovo batido. Leve ao forno 15min a 180ºc ou até estarem cozidas.

2 comentários:

  1. Em Ourém é:
    Oh, tia da Bolinho!? Por amor ao seu santinho... looool

    ResponderEliminar
  2. Boa. Realmente a verdade é que ' Cada terra com seu uso, cada roca com seu fuso'. Obrigado por partilhar.

    ResponderEliminar